Quero mais agora!


Ao me olhar dessa maneira,
com cabelo ainda emaranhado
do momento louco vivido há pouco
e esse olhar pedinte,

desisto de ir embora apressado
e
é o seguinte:
Faço meia-volta, fecho a porta e
embriagado de volúpia jogo a chave fora.
Quero mais agora!

Helio Jenné

2 comentários:

Nina Victor disse...

Helinho, sua interpretação da imagem me surpreendeu! Jamais pensaria em algo parecido...

Helio Jenné disse...

Sempre vejo uma historinha na minha cabeça, rs. Geralmente com final feliz, que é do jeito que meu coração gostaria! Beijos, Nina.