A Captura do Touro de Creta




Minos, rei de Creta, possuía um touro sagrado que ele mantinha na ilha de Creta. Euristeu chama Hércules e diz-lhe que é necessário capturar o touro e conduzi-lo ao lugar onde habitam os homens de um olho só. O touro possuía uma estrela cintilante que brilhava em sua testa, o que ajudaria a encontrá-lo.

Hércules consegue capturar o touro graças a esta luz emitida da testa do animal. Ele cavalga o touro como se ele fosse um cavalo, atravessando as águas em direção à terra onde habitavam os ciclopes. Ao chegar a este local, lá estavam 3 ciclopes: Brontes (trovão), Steropes (relâmpago) e Arges (atividade turbilhonante), aos quais entregou o touro. E assim termina o segundo trabalho que trata do desejo.

No antigo Egito, o signo de Touro era denominado de "O Intérprete da Voz Divina" (o verbo se fez carne). A chave para o trabalho em Touro é a correta compreensão da "Lei da Atração".

O olho brilhante da Constelação de Touro é Aldebarã, a estrela fixa. Na antiguidade era chamada de "Estrela Guia dos Céus".

A grande lição a ser aprendida neste signo é alcançar a correta compreensão da "Lei da Atração" e o correto uso da matéria. É necessário montar o touro para levá-lo ao continente, atravessando as águas da emoção. Isto significa o controle dos desejos inferiores pela alma humana através do uso correto da forma e da compreensão da mente pela percepção inteligente.

No mito de Hércules, o touro representa o desejo animal e os muitos aspectos do mundo da forma (mundo material). Este trabalho demonstra a necessidade da mente controlar os desejos (touro) e não ser controlada por eles. Lembramos que nos antigos mitos montar um animal significava controlar.

Texto de Marilda Bourbon.

Postado por Nina Victor.



3 comentários:

Patuska disse...

Adorei as viagens que a imagem me proporcionou, pois amo mitologia grega, e fico a Pensar em páris e Helena, em concursos de touros, e até mesmo em Ariadnas, velo de ouro, Teseu e Medeia.. hahaha
Tô falando viajei...
Mas quero emsmo viajar nas palavras que certemente virão...

beijos aos dois!!!

Nina Victor disse...

Paty, fui vencida por Hércules... rs
Como não consegui escrever nada a respeito, resolvi postar a explicação da simbologia daquele trabalho da ilustração. Foi a saída que encontrei... :P

Beijocas! :)

Helio Jenné disse...

Nina, devo acrescentar que foi uma belíssima saída! O Decifro e Devoro também é cultura, rs!
E, Patuska, também gosto muito da mitologia greco-romana!
Beijos às duas!