Porto Seguro


No mar há tanto tempo,
Dias e noites sem ve-la,
Penso em palavras-preces
que possam acalmar
minha alma insana.
A saudade é grande demais.
Palavras não são o bastante...
Preciso me afogar no seu beijo,
Queimar minha pele
no calor da sua carne.
Preciso, mais uma vez e sempre,
do porto seguro do seu olhar.
Busco, em vão,
um fragmento da sua presença.
A viagem e longa,
Mas nada é maior que a minha vontade
de te-la novamente em meus braços.

Helio Jenné

2 comentários:

Nina Victor disse...

Helinho, uma das poesias mais bonitas que você escreveu aqui no Decifro e Devoro.
Li várias e várias vezes e não me canso de ler!
Beijo! :)

Helio Jenné disse...

Pois é Nina, a viagem é longa demais e a saudade só faz aumentar! Fico muito feliz que você tenha gostado. Essa é a melhor recompensa para mim! Beijo! :)