Desesperança



Foto de Mariza Thompson
by Mariza Thompson



Com o ar blasé de quem nada espera
ela senta-se à beira da vida e
como se fosse uma espectadora vip
vai fingindo não ver o tempo passar...

(na mochila seus sonhos tortos
amassados e sufocados
vão morrendo, irrealizados)

Nina Victor



10 comentários:

Vicky disse...

Meus queridos Helio e Nina, tem um presentinho para voces no meu blog. Um grande beijo!!!

http://vickymundoafora.blogspot.com/2009/01/premios-do-coracao.html

Vєrôηicα disse...

oie


tem tbm um selinho lá no meu Blog que vem com uma tarefa pra ganha um presente, espero que vc goste...
beijos

Vєrôηicα disse...

oie


tem tbm um selinho lá no meu Blog que vem com uma tarefa pra ganha um presente, espero que vc goste...
beijos

Helio Jenné disse...

Oi Verônica, agradecemos o carinho e a lembrança. Vamos passar no seu blog para pegar o selinho. Um abraço!

Helio Jenné disse...

Vicky, muito obrigado. Sua lembrança nos deixou felizes. Beijos.

absyntovoce disse...

Nina,

jeito diferente de dizer coisas simples... veia de poeta.
K4akis

Transbordando emocões disse...

Será que somos parentes? Bem, somos Thompson. E acho que temos algo em comum, gostamos de escrever poesias. Quem sabe trocamos algumas coisas? Seri aum prazer. Bjs.

brindes disse...

Belas palavras, bela poesia!

tratamento de estrias disse...

Muito sentimental estes versos, buscam transparecer uma interpretação da imagem, com um toque de leveza e sentimentalismo.

sex shop disse...

linda poesia! parabens